A primeira corrida sub-zero!
Treinos |  08 de outubro de 2016
run-patitozatti

Essa semana, mais precisamente terça-feira, tivemos a nossa primeira neve do ano. Isso mesmo, N E V E, e põe neve nisso. Para terem ideia do quão cedo foi (pra mim, ao menos), ano passado nevou somente na primeira semana de novembro e, sim, um mês a mais de inverno faz TODA diferença no final das contas. Mas enfim, contra São Pedro não dá para lutar.

Quem me acompanhou essa semana pelo Instagram (@patitozatti) deve estar mais por dentro desse frio fora de hora. Como estou procurando seguir a risca todas as planilhas, deixei para fazer minha corridinha de ontem, hoje. O motivo é simples, como nevou até quinta-feira, ontem e hoje boa parte dessa neve descongelou já, o que facilitaria a corrida tando nas calçadas, como na rua, apesar do friozinho.

Não parece, mas encarar uma corrida com a neve descongelando nas calçadas, tudo molhado, ou então gelo, não é nada legal. Primeiro, porque pode molhar o tênis (água a uma temperatura perto dos 0 graus), deixando mais propício para bolhas, machucados e, claro, pés congelados praticamente. Além disso, caso a temperatura estiver baixa + água nas calçadas, há formação de gelo (meio óbvio né), e fica muito, quando digo muito é muito mesmo, escorregadio… E acredito que ninguém quer cair, se machucar, passar o inverno andando de muletas pra lá e pra cá, né? haha

Enfim, foram 40 min fechando 7 km de corrida. Variações de ritmo entre moderado-forte a fácil. A média deixou a desejar (5:34 min/km) comparado ao que estava esperando, porém, avaliei alguns fatores que podem ter contribuído para isso, afinal queremos sempre melhorar né? Comigo, ao menos, nessa brusca diferença de temperatura (semana passada em torno de 15-22 graus e nessa -4 a 2 graus), fica bem difícil adaptar rapidamente o corpo à corrida. Por exemplo, semana passada corri de shorts e camiseta, hoje calça, meia térmica, duas camisetas, moletom, touca, e jaqueta. É uma sensação de sufoco e peso extra. Além disso, a respiração fica bem pesada, tanto com o vento gelado, como o nariz começa a escorrer tipo gripe (super irritante – especialmente se não levar um papelzinho no bolso haha) – sem contar que alguns dias o suor congela na roupa. Também, os músculos doem, joelho então só incomodou até aquecer. Enfim, não é tudo impossível e terrível como pode parecer, é uma questão de adaptação e acredito que semana que vem tudo melhora já.

Hoje, a coisa boa foi que aquela meleca de neve derretendo – metade água/metade gelo – não teve muito. Apesar que procurei correr em ruas com mais movimento, assim seria mais garantido que o gelo já tivesse derretido. Outra coisa boa foi a paisagem que ficou: LINDA. As árvores ainda têm folhas bem coloridas, variando do amarelo ao vermelho em contraste com o branco da neve… É a natureza dando show de graça.

O saldo foi bastante positivo, ótimas condições para corrida, agora é questão de tempo para encaixar tudo. Aliás, fiz um review da corrida de hoje, algumas imagens legais, e uma comparação com a corrida de semana passada. Vejam como 7 dias pode mudar tudo por aqui em relação à temperatura.

Bons treinos a todos e AMEM o verão com todas as forças. hahaha

Gostou? Compartilha!
Facebook
Twitter
Comente

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *