Skyrunning: Encontraram montanhas em SK!
Provas |  19 de setembro de 2016
beaverflat50

Saskatchewan não é nenhum pouco conhecida por montanhas ou coisas do tipo como, por exemplo, é a província de Alberta (lindas montanhas né *-*). Chamam a nossa região de pradarias (tipo o pampa gaúcho, no inglês “Pairie”). Mas esse final de semana, pasmem, aconteceu o “Beaver Flat 50″ no Saskatchewan Landing Provincial Park, que fica mais ao sudoeste da província (225km aqui de casa).

A Beaver Flat 50 foi a primeira prova da história da província de SK de skyrunning (quando o ganho passa de 2 mil metros e inclinação ultrapassa 30%). O esporte começou nos Alpes italianos em 1992 e, desde então, saltou para colina e montanhas ao redor do mundo, incluindo o Himalaia e vulcões mexicanos. A Federação Internacional Skyrunning diz que há 200 corridas de skyrunning ao redor do planeta com 50.000 participantes de 65 países. Skyrunning veio para o Canadá em 2014. Incluindo Saskatchewan, há agora 21 corridas canadenses skyrunning mais de 6 províncias.

The Beaver Plano 50 irá punir os competidores, pois segundo os organizadores, irmãos Jeff e Warren Dudar, será um “um difícil percurso, de manter os pés molhados, destruir as canelas, e torcer o tornozelo. Mas que irá fazer os competidores amarem, odiarem, e amarem ainda mais a prova”. É uma prova voltada para competidores sérios e que buscam superar limites do seu corpo.

BF50k

A prova contou com uma grande organização, onde estações de hidratação fora distribuídas nos 10, 18, 27, 34, e 42 quilômetros. Cada estação possuia água, refrigerante, isotônico, géis energéticos, frutras, gomas, M&Ms, etc. Além disso, assistência médica e fisioterapeutas esportivos durante toda a competição e pós prova.

Essa edição contou com aproximadamente 200 participantes que encararam o friozinho do outono canadense no último sábado (enquanto eu corria a KinSpin hahaha). Ao todo, dentre os 50 quilômetros de prova, 2500 metros de ganho vertical, ou seja, mais de 8 mil pés de “subida”. Sendo que os últimos 25 km foram considerados os mais duros da prova, exigindo muito do físico-mental dos competidores. Além disso, a organização disponibilizou distâncias menores às pessoas que estão apenas começando. Dentre as distâncias 5, 10, 20 quilômetros e uma kids fun run.

Aos que, como eu, não participaram da edição desse ano, a organização deixou a dica, ou melhor, 15 dicas de como se tornar um Skyrunner e participar no próximo ano. Com certeza, deve ser uma experiência e tanto, com paisagens lindas, e superação garantida.

 

Fontes:

Sasktel 

Prairie Sky Running Company

Fotos: @pskyrunning 

 

Gostou? Compartilha!
Facebook
Twitter
Comente

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *