O que torna atletas de Ironman ótimos CEOs?
Provas |  19 de fevereiro de 2017
ironman

É isso mesmo que você leu, segundo a Forbes (renomada revista Americana de negócios) atletas de “Ironman” formam ótimos CEOs. Ao longo da última década, o triathlon se tornou um esporte muito praticado dentre os executivos. O esporte que consiste em três modalidades testa o atleta em diferentes maneiras do que a maioria dos esportes, assim como a maioria dos desafios encontrados na liderança executiva.

A combinação da natação, ciclismo e corrida, faz com que o atleta tenha que ter um ótimo desempenho nos três. Além disso, os atletas de elite sabem como fazer a transição entre os esportes usando boa logística e fisiologia. Fatos esses que resultam em um atleta com equilíbrio excepcional entre o corpo e a mente.  De forma bastante similar, a liderança executiva envolve 3 principais competências: definir visão, desenvolver estratégia, e gerenciar. Grandes líderes se sobressaem nessas três funções, além de saber se mover muito bem entre elas.

Atletas de Ironman (3,8 km natação + 180km ciclismo + 42km corrida) desenvolvem características chave que são fundamentais no meio executivo.

 

work

 

SABEM A IMPORTÂNCIA DE EQUILÍBRIO:

Uma das primeiras lições que se aprende como triathleta é que o treinamento deverá ser equilibrado entre três esportes diferentes (sem contar treinos adicionais, como de força e alongamento) e entender limites para saber fazer uma boa transição entre eles sem afetar a evolução e resultados (mantendo-os sempre positivos).

Portanto, quanto mais próximo da competição, os triathletas combinam os treinamentos nos conhecidos “brick workouts”, quando duas ou três modalidades são executadas em um dia de treino. O benefício é que o nosso corpo aprende a entender e se condicionar à troca de modalidades utilizando diferentes grupos musculares, por exemplo, pedalar logo após nadar. Assim, os atletas possuem um corpo mais adaptado à mudanças (transição de um esporte ao outros), se sobressaem aos que não costumam fazer esse tipo de treinamento.

Tranisçao

Da mesma forma, executivos bem-sucedidos sabem que precisam ser capazes de se mover rapidamente e com fluidez entre suas tarefas, desde a definição de metas, até a comunicação de foco estratégico para avaliar o desempenho. Aqueles que se destacam em cada área e que podem realizar uma transição efetiva entre elas será altamente bem-sucedido.

Triatletas planejam suas provas quilômetro por quilômetro, ou seja, eles sabem quando devem estar fora da água e na bicicleta. Se eles estão atrás dos adversários, sabem exatamente o quão pesado eles precisam atuar para alcançar seu objetivo. E se eles estão à frente, eles sabem que eles estão arriscando o corpo e a mente para o final. Eles sabem exatamente o quanto comer e beber antes, depois e durante a corrida e podem fazer ajustes sutis para a temperatura e tempo. Além de saberem qual a velocidade/km devem manter para atingir seu limite sem se machucar para o esporte que virá na sequência. Eles estudam o trajeto, os adversários, seus pontos fortes e fracos. Além disso, devem agir rapidamente caso algo saia do planejado (pneu furado, cãibra, chuva, calor excessivo, etc).

Assim como os executivos de alto desempenho devem possuir um plano claro para onde eles querem ir e como eles vão/devem chegar lá. Eles definem seus objetivos de longo e curto prazo e critérios de sucesso. Além de criarem um roteiro para as equipes seguirem. E continuamente monitoram o progresso e fazem ajustes para manter suas equipes alinhadas e no alvo.

 

SÃO MESTRES DA DISCIPLINA:

Para terminar um evento Ironman, é preciso treinar por cerca de 10 a 15 horas por semana, durante 4 a 6 meses. Isto significa ajustar 1 a 2 horas por dia em sua programação em uma base regular e pelo menos uma sessão de 2 a 4 horas cada final de semana. Com este nível de exigência física, os atletas normalmente precisam de 7 a 9 horas de sono cada noite para se manter saudável. Ajustar isso e ficar motivado é uma das partes mais difíceis. É preciso força de super-herói para empurrar as últimas milhas do ciclismo depois de estar na competição por quase 10 horas, tendo que encarar mais uma maratona pela frente, sendo que acordou às 5:00 para se juntas a aquele cardume de atletas na imensidão do mar… Mais que força, é preciso ter Mente de Aço.

treadmill

De forma similar, os executivos são continuamente confrontados com desafios difíceis e significativos, enfrentando o mau desempenho e resolvendo conflitos, o que testa a resistência mental e física de um profissional. E, embora os executivos possam recorrer a colegas e treinadores para obter ajuda e aconselhamento, eles são frequentemente os únicos a enfrentar estas questões. Ter a confiança e clareza para agir decisivamente leva a fortaleza mental.

 

POSSUEM UM GRANDE FOCO MENTAL:

Muitos observadores pensam que o maior desafio que os atletas enfrentam é superar a dor. Na verdade, enquanto a dor pode ser grande, o maior desafio é não sucumbir ao tédio de uma prova de mais de dez horas (para profissionais na casa das 8 horas). Com distâncias tão longas para percorrer, os atletas se sentem desgastados. Portanto, manter sua cabeça na prova é a parte mais desafiadora e importante do evento. Sem uma cabeça bem “treinada” os erros começam a ser mais frequentes, como não comer e se hidratar corretamente, até mesmo acidentes ou a desistência da prova.

igor_amorelli_kona

Nos negócios, ficar no jogo e manter os objetivos de longo prazo em mente, o profissional lida com a minúcia e o drama das operações do dia-a-dia o que requer muito foco. Os executivos que ficam presos em detalhes insignificantes e se esquecem de manter seus objetivos em mente se encontrarão se afastando deles. É o trabalho do líder ouvir o cliente irado e o empregado enfurecido enquanto ainda toma a decisão de longo prazo direito, apesar das consequências a curto prazo.

Enquanto muitos executivos bem-sucedidos não são atletas de Ironman, e muitos concorrentes Ironman não são executivos, a porcentagem desproporcionalmente elevada dos que são ambos não é por acidente. Pessoas de alto desempenho muitas vezes têm várias saídas para sua ambição e necessidade de ter sucesso. Como afirmou o CEO Bruce Eckfeldt “Eu sei assim por experiência própria como um Ironman e um CEO, que ambas posições são uma manifestação do mesmo desejo que eu tenho em me sobressair em tudo o que faço”.

Fontes:

@triatlars

Forbes

Gostou? Compartilha!
Facebook
Twitter
Comente

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *