IM Florianópolis 2015
Provas |  01 de junho de 2015
arianeFB

Nada melhor do que completar um mês de Blog fazendo uma postagem sobre a prova que mais me inspira e que hoje, em especial, está sendo tão comentada: o Ironman Florianópolis.

 

Ontem, em Florianópolis, aconteceu a 15ª edição do Ironman Brasil. Para os que não sabem muito a respeito, ou não ouviram falar, o Ironman é o maior evento de triathlon do mundo. Os atletas percorrem 3,8km de natação, 180,2km de ciclismo e 42,2km de corrida, contabilizando 226km (141,4mi) em percursos de tirar o fôlego. Florianópolis é cede do evento há 14 edições e conta com a presença de mais de dois mil atletas nacionais e internacionais.

 

Dentre os atletas, recordes foram quebrados, quando os quatro primeiros colocados chegaram abaixo do tempo de 8:02 conquistado por Timothy O’Donnel em 2014 na etapa Florianópolis. Esse ano, a grande expectativa dos brasileiros era em relação ao catarinense Igor Amorelli, que vem acumulando ótimas colocações e foi o primeiro brasileiro a vencer o Ironman Brasil, em 2014, sendo 13º colocado no Mundial Ironman 2013 (Havaí). Igor terminou em 4º lugar esse ano, mas esbanjou força e garra, liderando a prova algumas vezes durante o ciclismo. Apesar de não ter conquistado o primeiro lugar, assim como os outros 3 primeiros colocados, bateu o recorde da prova, fechando abaixo das 8h.

 

Mas o mais emocionante da prova, sem dúvidas, foi o momento da ultrapassagem de Ariane Monticeli sobre a americana Amanda Stevens. A brasileira se manteve entre as 10 primeiras colocadas desde o início da prova, seu ritmo estava muito forte, no quilômetro 30 da corrida já estava na 4ª colocação e a 1’ da líder (Amanda Stevens). Ariane arrancou nos últimos 10km de prova, toda torcida vibrava eufórica a cada aproximação da atleta: era o dia dela! Após a ultrapassagem, sua vantagem sobre as demais só aumentou, passando a linha de chegada com 40” sobre a segunda colocada (Elisabeth Lyles). Sigo Ariane há algum tempo e ela realmente é inspiradora, fiquei muito feliz com essa vitória, é ótimo quando nosso ídolo compete, ainda mais quando vence. Vibrei mais do que quando Brasil ganhou copa do Mundo.

 

ArianeWebRun

Na edição da prova em 2014, Ariane ficou em 3º lugar. Portanto a atleta conseguiu subir ao lugar mais alto do pódio e a vitória não poderia ser mais emocionante. Hoje, Ariane é a segunda brasileira a vencer uma edição do IM Florianópolis, título conquistado pela grande atleta Fernanda Keller, em 2008. A conquista da brasileira foi ainda mais importante porque esta edição da prova é válida como Campeonato Latino Americano, com pontuação dobrada e 150 mil dólares de prêmio para a Elite.

 

Marino

 

Primeiro colocado Marino Vanhoenacker

 

Os brasileiros fizeram bonito e olha só a classificação da elite:

 

Masculino

 

1º) Marino Vanhoenacker (BEL), 7h53min44seg*

2º) Timothy O’Donnell (EUA), 7h55min56seg

3º) Brent Mcmahon (CAN), 7h56min55seg

4º) Igor Amorelli (BRA), 7h59min36seg

5º) Tyler Butterfield (BER), 8h05min22seg

6º) Matt Trautman (AFS), 8h06min29seg

7º) Kyle Buckingham (AFS), 8h09min33seg

8º) Mike Aigroz (CHE), 8h13min22seg

9º) Guilherme Manocchio (BRA), 8h17min02seg

10º) Frank Silvestrin (BRA), 8h20min02seg

 

 

Feminino

 

1ª) Ariane Monticeli (BRA), 8h59min08seg

2ª) Elizabeth Lyles (EUA), 9h00min31seg

3ª) Amanda Stevens (EUA), 9h01min27seg

4ª) Tine Deckers (BEL), 9h08min29seg

5ª) Laurel Wassner (EUA), 9h09min47seg

6ª) Haley Chura (EUA), 9h14min03seg

7ª) Mareen Hufe (ALE), 9h14min50seg

8ª) Karen Thibodeau (CAN), 9h15min08seg

9ª) Asa Lundstrom (SUE), 9h23min35seg

10ª) Ana Lídia Borba (BRA), 9h42min27seg

 

 

Na categoria amadora, também, teve Brasil no pódio. Luiz Ohde, da categoria 18-24 anos, fechou a prova com um tempo de 8h37’32”, surpreendente! Esse foi o melhor tempo já registrado por um amador na prova de Florianópolis, ficando em 14º geral – imagina daqui alguns anos? Já entre as mulheres, Maria Cecília Carvalho, que terminou a prova em 9h43’02” – categoria de 25-29 anos.

 

Não menos vencedores são todos que participaram da prova, completar um IM não é para qualquer atleta, o caminho é muito duro, mas tenho a certeza que é muito recompensante passar aquela linha de chegada. Destaque aos nossos colegas de equipe, grandes exemplos de garra e determinação, o André, o Paulo B. e o Paulo L. Vocês foram demais!!!! Estou muito orgulhosa e muito mais motivada a participar de uma prova desse peso em breve.

 IMG_8082

Antes da prova nosso time com as últimas dicas do Coach Vinicius que prestou toda assessoria junto com Fabiane… Turma show!

 

IMG_8081

Alguns TSK ficaram na torcida o dia todo, nos mandando notícias dos nossos atletas, dando suporte no que fosse preciso! É sempre ótimo ter nossos amigos na linha de chegada e durante a prova! É muito bom fazer parte dessa equipe!!

 

Domingo foi um dia único, acompanhei como nunca a prova, mandei as melhores energias aos amigos e vibrei com a chegada de cada um! Agora é aproveitar essa animação e focar nos treinos para, em breve, passar essa linha de chegada.


** Fonte foto de capa: Página Ariane no Facebook

Gostou? Compartilha!
Facebook
Twitter
Comente

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *