Agora é TRI!
Provas |  28 de abril de 2015
Heróis do Triathlon 2015 - Guaratuba

Heróis do Triathlon Guaratuba – 1ª Etapa

Esse mês de abril foi bastante importante na minha vida de atleta, além da primeira Meia Maratona do ano, também, foi hora de me desafiar no triathlon. Dia 26 de abril aconteceu em Guaratuba a primeira etapa do Heróis do triathlon, organizado pela equipe do Meu Time – Esportes Pra Viver.

ht

Nos dias que antecederam a prova a ansiedade foi a mil, aquela expectativa de como seria meu tempo, da temperatura da água, como iriam sair as transições, entre outras preocupações que nossa cabeça fica insistindo em fazer aparecer a todo momento. Faz parte e acredito que toda nova prova será mais ou menos assim.

* Dia antes da prova – 25/04 – entrega do kit + simpósio

A entrega dos kits aconteceu no sábado a tarde, no Hotel Santa Paula, tudo bem organizado. O kit eu achei ótimo, com 4 opções de camiseta para escolher, chinelo personalizado com seu nome (se fizer inscrição até 15 dias antes da prova), viseira, touca, porta chip e chip, número pra bike e sacola.

Após entrega dos kits, foi realizado o simpósio sobre a prova, onde foram tiradas todas as dúvidas em relação ao percurso, abertura do check in de bikes, o que seria permito durante o pedal, pontos de hidratação e horário de largada e término da prova. Também, a equipe organizadora do evento foi apresentada, bem como a competição, que prevê 4 etapas (novidade foi inclusão da praia de Guaratuba no circuito) e mais uma edição de “Long distance” em setembro – espero conseguir fazer todas!

Retirada_Kit_720

Retirada do Kit

Ainda, no mesmo hotel, foi realizado o famoso jantar das massas pré-provas para os participantes, custo de R$ 27,00.

* Dia da Prova – 26/04

Foi difícil dormir e não acordar várias vezes durante a noite. Toda hora parecia estar atrasada, até que o despertador tocou. Deu tempo de um único frio na barriga (não parecia que já era hora) e já começou a correria para levar a bike até a área de transição (check in) e voltar tomar café para, então, ir para largada.

Fui com os outros participantes da TSK até a área de transição deixar a bike, o capacete, óculos, número, enfim, tudo que iria precisar para a bike e corrida. Ainda sou muito novata para fazer as transições da melhor maneira possível (será que existe), mas como tudo: é questão de treino e encontrar o melhor jeito que me adequo para, então, aperfeiçoar.

Enfim, a largada estava prevista para 7h da manhã, um pouco antes foi liberado para aquecimento no mar, o que foi ótimo para quebrar o gelo, sentir a temperatura da água – por minha sorte estava quente e me sai bem sem a roupa de borracha. Depois os 5 minutos antes de começar a prova foram eternos, mas quando veio a contagem 5,4,3,2,1…. O coração disparou e só deu tempo de fazer o sinal da cruz. Era hora de cair na água

largada

O sentido da natação foi anti-horário, não tenho parâmetro de outras provas por ser minha primeira, mas o psicológico nessas horas faz toda diferença, o meu quis me sacanear por muitas vezes, mas não dá para desistir. Foi bom, porque não tinha muita “marolinha” o que facilitou a natação, a água é bastante turva e acho que dá um medo quando vem aquela corrente de água gelada (ao menos para mim). A primeira bóia demorou muito a chegar, a segunda foi tranquila e no final, muita resistência para sair do mar… as ondas após estourarem me puxavam de volta, o que foi meio tenso, mas deu tudo certo no fim.

anteslargada720

Minutos antes da largada, difícil esconder a tensão.

Correria para sair da água, chegar até a transição e lembrar de fazer tudo. Deixei um copo de água ao lado da bike para jogar no rosto e tirar o sal – me incomoda o sal que escorre nos olhos. Ai foi a hora de colocar o capacete, afivelar (senão dá punição de 2 minutos), a sapatilha e sair da transição. Só pode subir na bike e pedalar após passar pela linha determinada. Achei tudo bastante organizado e prático, bastante gente da equipe Nosso Time assessorando, instruindo e cuidando, estão de parabéns!

transiçao1_720

Momento da transição Natação para Pedal

O pedal foi bem tranquilo, era permitido o vácuo e em alguns momentos ele foi peça chave para manter a velocidade e conseguir descansar um pouco, mesmo sem ter muita experiência. O asfalto estava em ótimas condições, todas as esquinas estavam devidamente sinalizadas e trancadas, muita gente da equipe auxiliando, ótimo! Mantive uma média mais alta que estava acostumada, aproximadamente, 30km/h. E logo chegou a hora da segunda transição (T2).

Estava meio receosa com a sapatilha, caso não conseguisse desprender do pedal, mas foi tudo bem tranquilo. Cheguei na transição, coloquei a bike no cavalete, tirei sapatilha, botei o tênis sem meia mesmo (costumo fazer treinos sem meia para situações como essas), peguei meu número e sai para a corrida.

corrida720

Os 5km fluíram por pensar que 70% da prova já estava concluída e agora era só finalizar a prova, nem acreditava que estava conseguindo e que meu tempo na corrida estava se mantendo bem abaixo do esperado – tinha previsto um pace entre 5:45 e 6:00 minutos, acabei a prova fechando 5min/km. A cada posto de hidratação (a cada 1,25km) era como vencer mais uma etapa. Os últimos 200m foram com sorriso no rosto, aquela sensação que sempre tento descrever e nunca consigo… é DEMAIS!!! Quando vi o cronômetro em 1:31 vi que a superação, mais uma vez, estava comigo!!!

 

E depois de tudo, só tenho agradecer! Por chegar e encontrar minha família me esperando, por vencer mais um desafio, e por ter a certeza que estou fazendo o que gosto cada dia mais, o esporte que tem me guiado, me trazido muita alegria e transformado totalmente minha vida!! Parabéns Nosso Time pela prova, muito bem organizada!

Agora é TRI, que venham as próximas provas e mais desafios!

Gostou? Compartilha!
Facebook
Twitter
Comente

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

  1. […] achei relevante (não quer dizer que são as melhores para todos), baseada em minha experiência no Heróis do Triathlon. É fundamental que no dia anterior a prova você participe do simpósio, tome conhecimento do […]

  2. raquel disse:

    Parabéns Patricia,estou torcendo por voce.

  3. raquel disse:

    Parabéns Patricia, estou torcendo por voce.