Curso de Brigada
Provas |  16 de junho de 2015
Pati1

Muitos sabem que adoro me envolver nas mais diversas funções e que não paro quieta. Tive uma experiência bem legal em abril ainda, que foi o convite para participar da Brigada de Incêndio na empresa que trabalho. Na verdade, me senti desafiada pelo posicionamento e tipo de treinamento que quem faz parte de uma brigada deve passar.

Bom, além de ser uma fracotinha quando vejo sangue, é muito difícil imaginar a nossa reação em uma situação de risco, ainda mais quando você é a pessoa responsável pelas primeiras atitudes e por evitar com que o menor número de pessoas (senão nenhuma) se machuque. Ou mesmo, quando há algum incidente de porte menor, saber tomar algumas atitutes que podem vir a salvar vida de muitas pessoas. Acredito que tendo uma noção do que está acontecendo e o que deve ser feito, ficamos mais calmos e racionais.

Segundo a norma Brasileira ABNT 14276, a brigada de incêndio é um grupo organizado de pessoas preferencialmente voluntárias ou indicadas, treinadas e capacitadas para atuar na prevenção e no combate ao princípio de incêndio, abandono de área e primeiros-socorros, dentro de uma área pré-estabelecida dentro da planta. Cada estabelecimento deve se adequar às regras de acordo com a norma, em relação ao número de pessoas, tipo de construção,

Para vocês terem ideia, eu não tinha conhecimento em como funcionava um extintor, nem que havia mais de dois tipos (água e CO2) e muito menos tinha ideia de como encaixava uma mangueira de incêndio, ou a enrolava. Após o curso, passei em cada andar do prédio que moro para ver como eram os extintores e mangueiras, fecho as portas de emergência toda vez que as encontro aberta e passei a observar os pontos sinalizados como saida. É algo que muitas pessoas não dão importância, até pelo pouco conhecimento, mas que pode salvar a nossa vida e de muitas outras pessoas.

O curso foi coordenado por um bombeiro de longa data, com muita experiência, que nos passou todas as noções de incêndio, possíveis situações que poderiam ocorrer, manuseio de equipamento, e materiais para primeiro-socorro. Tivemos situações reais de foco de incêndio, atendimento à vítimas, montagem de linha, bastante sobe e desce.

Pati4

 

 

Durante o curso passei 3 horas com a roupa que eles utilizam para combate de incêndio e estou para dizer que em nenhum 21km corridos até hoje passei tanto apuro como aquelas três horas. O material é bastante pesado para resistir ao calor, protege mesmo. O capacete protege mesmo do calor, mas cansa bastante pelo peso. Tem que ter um preparo enorme!

 

Pati2


Particularmente eu Amei! Nunca me imaginei fazendo algo assim, nem mesmo que teria um desempenho relativamente bom. Mas valeu muito a pena! Já admirava os bombeiros pelo seu trabalho, mas hoje até os invejo por tanta coragem, disciplina e trabalho que realizam.

 

Pati3

Equipe de Brigada após o batismo

Gostou? Compartilha!
Facebook
Twitter
Comente

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *